Veneno: Lamborghini apresenta supercarro de R$ 7.6 milhões

Embora tenha sido historicamente um território neutro, a Suíça é hoje o epicentro da guerra dos carros superesportivos, especialmente na batalha entre o Lamborghini Veneno, McLaren P1 e Ferrari La Ferrari no Salão de Genebra.

Equipado com um motor de 12 cilindros que rende 750 cavalos e uma transmissão de 7 velocidades com 5 modos de pilotagem, o Lamborghini Veneno pode alcançar 354 Km/h e acelerar de 0-100 Km/h em 2.8 segundos.

Por fora, o chassi em fibra de carbono faz com que o carro seja mais leve, o que garante a rápida aceleração do esportivo. O corpo é angular e musculoso, a parte traseira parece com a de uma nave espacial, esse desenho futurístico privilegia a aerodinâmica. Ao contrário dos esforços aerodinâmicos tipicamente encontrados no mundo dos carros, o Veneno não foca na redução do arrasto aerodinâmico exclusivamente, mas também na adição de ‘downforce’ para garantir uma melhor aderência em altas velocidades. Toda a parte dianteira foi desenhada para funcionar como uma asa, com enormes entradas de ar para o ar passar por dentro do capô e em torno das rodas.

[nggallery id=14]

Ao abrir as ‘Lambo doors’ é revelado um interior que também é revestido em fibra de carbono. O painel de instrumentos tem uma aparência normal. Você não se sente como se estivesse prestes a decolar.

Os três modelos produzidos obviamente já foram vendidos, os compradores desembolsaram cerca de 7.6 milhões de reais.

Compartilhe!

Avatar of Staff

By Staff

Estamos constantemente acompanhando o mercado automotivo em busca de notícias e dicas relevantes. A base de nossas publicações está no expertise de nossos editores, informações dos fabricantes e opinião dos consumidores.