Novo jato Legacy 450 da Embraer pretende ser referência na aviação executiva

O Legacy 450 é um jato executivo da categoria mid-light com uma cabine de passageiros de 1,82m de altura e piso plano. Quatro poltronas totalmente reclináveis podem ser convertidas em dois leitos para repouso completo em uma altitude de cabine máxima de 6.000 pés.

“O Legacy 450 será o melhor jato executivo da categoria mid-light, atendendo às necessidades e expectativas de clientes ao redor do mundo”, disse Marco Túlio Pellegrini, Vice-Presidente de Operações da Embraer Aviação Executiva. “Com tecnologia de comandos de voo eletrônicos full fly-by-wire e a mais espaçosa cabine da sua classe, esta aeronave terá atributos e amenidades singulares.”

O sistema de entretenimento a bordo inclui um sistema de vídeo de alta definição, som surround e várias opções de entrada de áudio e vídeo. Sistemas de comunicação de voz e dados também são opções disponíveis. A cabine de passageiros possui um refreshment center (armários para armazenamento de bebidas, alimentos e outros utensílios) na entrada, um lavabo privativo ao fundo e uma área interna para bagagem de mão. O espaço total para bagagem é o maior da categoria.

Novo Legacy 450

O Legacy 450 é o primeiro jato executivo de sua categoria equipado com sistema de comandos de voo eletrônico full fly-by-wire, manche lateral de controle (sidestick) e a suíte de aviônicos Rockwell Collins Pro Line Fusion, completamente digital, que conta com quatro telas planas LCD de alta resolução de 15,1 polegadas, cartas e mapas eletrônicos Jeppesen e sistema de visão sintética (SVS). Recursos opcionais incluem o E2VS (Embraer Enhanced Vision System), que contém o Compact HUD (Head-Up Display) e o EVS (Enhanced Vision System), ambos sistemas de última geração da Rockwell Collins.

A aeronave é equipada com dois modernos motores Honeywell HTF 7500E, de baixo consumo de combustível. Com quatro passageiros e reservas NBAA IFR, o Legacy 450 é capaz de voar, sem escalas, de Los Angeles a Boston, nos Estados Unidos, ou de São Paulo a Lima, no Peru.

Em seu voo inaugural (28/12/2013), a aeronave realizou manobras para avaliação das caracteristicas de voo e executou uma variedede de testes de sistemas, tendo sido beneficiada por uma campanha avançada de simulações de voo e de extensivos testes em solo. “O voo foi um sucesso”, disse o comandante Camelier. “O sistema full fly-by-wire, com manches laterais de controle, proporcionou um voo muito tranquilo. Com um avançado sistema de aviônicos, a operação da aeronave foi muito fácil e intuitiva.”

Compartilhe!

Avatar of Staff

By Staff

Estamos constantemente acompanhando o mercado automotivo em busca de notícias e dicas relevantes. A base de nossas publicações está no expertise de nossos editores, informações dos fabricantes e opinião dos consumidores.