Terroristas de Boston foram rastreados pelo Mercedes ‘mbrace’

Sistema de conectividade da Mercedes-Benz ajudou diretamente a policia a encontrar os suspeitos de Boston.

Sabemos que os suspeitos por traz dos atentados a bomba na Maratona de Boston, Tamerlan e Dzhokhar Tsarnaev, panejavam ir até a cidade de Nova York para detonar mais explosivos improvisados. Felizmente esse plano foi frustrado pelo raciocínio rápido de um proprietário de um Mercedes-Benz, o trabalho aplicado da polícia e o sistema mbrace da Mercedes. Quando os irmãos sequestraram o empresário chinês de 26 anos identificado como “Danny”, eles não sabiam e não perceberam que o Mercedes-Benz Classe-M da vítima era equipado com um sistema de conectividade e rastreamento, no caso o  mbrace, que é capaz de pedir ajuda em caso de acidente ou rastrear o veículo no caso de um furto ou roubo.

De acordo com relatos, os irmãos Tsarnaev mantiveram Danny refém por aproximadamente 90 minutos enquanto se deslocavam por Boston formando um plano até que tiveram que parar para abastecer. Um dos irmãos entrou na loja do posto, o outro distraiu-se por um momento, Danny aproveitou a oportunidade para soltar o cinto de segurança, abrir a porta e correr para um outro posto de gasolina nas proximidades, onde ele conseguiu ajuda para ligar para a policia.

Após receber a permissão de Danny a policia usou o sistema mbrace para rastrear o SUV, não demorou muito para o inicio do tiroteio entre a policia e os irmãos. Como resultado, o irmão mais velho foi abatido e o outro conseguiu fugir, vindo a ser capturado horas depois em uma caçada que mobilizou 9000 policiais e paralisou Boston. Saiba mais sobre a história na reportagem da CNN (em inglês) abaixo.

Avatar of Staff

Por Staff

Estamos constantemente acompanhando o mercado automotivo em busca de notícias e dicas relevantes. A base de nossas publicações está no expertise de nossos editores, informações dos fabricantes e opinião dos consumidores.

29/04/2013 13:43