4 dicas para comprar carros em agências e concessionárias

Comprar um carro é uma grande compra ocasional que pode ‘elevar a pressão arterial’ de qualquer comprador. Tal como acontece com qualquer grande compra, o consumidor pode evitar maus negócios e dificuldades financeiras por ter conhecimento do produto através de pesquisas antes de realizar a compra. Existem considerações especiais para a compra de carros novos e usados​​, mas estas dicas podem ser aplicadas em ambos.

Esqueça a forma de pagamento, foque inicialmente no preço. Os vendedores irão tentar te vender o carro que se encaixa no que você pode pagar por mês, mas isso pode acabar custando mais do que você esperava. Adquirir financiamentos mais longos para carros mais caros te dará um menor pagamento mensal, mas você também estará fazendo o pagamento por muito mais tempo, cuidado.

Controle o seu financiamento. Concessionárias e agências também se tornaram casas de financiamento, o que não da a eles incentivos para oferecer o melhor financiamento para os compradores. Ser pré aprovado para um financiamento e pesquisar por taxas de financiamento antes de ir à concessionária fará com que você saiba exatamente o quanto pode pagar e até mesmo encontrar melhores taxas de financiamento do que os revendedores possam oferecer.

Evite super ofertas. Revendedores irão listar suas melhores ofertas, e muitas vezes essas ofertas não serão as melhores para você. Não seja atraído por super ofertas da noite pro dia, faça uma pesquisa sobre o carro que você quer e o quanto ele deve custar. Começar armado com informações faz de você um consumidor esclarecido.

Não se sinta pressionado. Comprar um carro é uma grande compra, faça a escolha quando estiver preparado. Se o vendedor te pressionar para que você compre o carro, pode não ser o tipo de vendedor que você deva fazer negócios. Esse é um ponto importante! Tente negociar com um bom vendedor, se durante a negociação existirem omissões de informações, pontos obscuros, mentiras ou qualquer tipo de má-fé, cesse a negociação e procure outro vendedor ou revendedor. Se o vendedor te informa que a taxa é zero e você descobre que na verdade é 0,72%, pode não ser interessante negociar com essa pessoa.

Compartilhe!

By Staff

Estamos constantemente acompanhando o mercado automotivo em busca de notícias e dicas relevantes. A base de nossas publicações está no expertise de nossos editores, informações dos fabricantes e opinião dos consumidores.